Capacidade de adaptação e readaptação da sociedade diante das diferentes formas de crise. Os vetores para reorganização da vida na crise global retrata o falso consciente coletivo em relação ao consumo, ao sistema de produção e aos meios de comunicação dentro da estrutura global em que vivemos.

Direção: Tatiana Bornato
Produção: Kardman

Vídeos relacionados:

O pensamento moderno e a interpretação da crise na sociedade contemporânea, com Júlio Cesar Pompeu
O pensamento pós-moderno e a falência da modernidade, com Juremir Machado da Silva
Consumo e trabalho na crise da sociedade contemporânea, com Luciane Lucas
Moral e estilo de vida na crise da contemporaneidade, com Clóvis de Barros Filho

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *