de Leonardo Virno e Pedro Caldas. (brasil, 2020, 23 min, livre)

Com Eliane Andrade da Silva / Amanda Cristina de Andrade Silva / Maria Aparecida Moura de Sousa / Especialista: Juliana Froehlich

Acervo Café Filosófico CPFL: Porque é preciso falar de suicídio, Neury Botega

Sinopse –

A cada quarenta minutos uma pessoa tira a própria vida no Brasil.

O legado de cada uma dessas histórias é repleto de sofrimento e dúvidas. E duas palavras teimam em se repetir na mente de quem fica: “E se…?”

Não existe uma fórmula para se evitar o suicídio. Mas há caminhos para reduzir a dor de quem está em sofrimento. Um dos mais importantes é falar sobre o tema e ter uma escuta sensível. 

A série “Antes que seja tarde” convoca o espectador a praticar essa escuta.

A cada quarenta minutos uma pessoa tira a própria vida no Brasil.

O legado de cada uma dessas histórias é repleto de sofrimento e dúvidas. E duas palavras teimam em se repetir na mente de quem fica: “E se…?”

Não existe uma fórmula para se evitar o suicídio. Mas há caminhos para reduzir a dor de quem está em sofrimento. Um dos mais importantes é falar sobre o tema e ter uma escuta sensível. 

A série “Antes que seja tarde” convoca o espectador a praticar essa escuta.

acervo

Porque é preciso falar de suicídio, Neury Botega

Suicídio e comportamento suicida entre jovens, Berenice Rheinheimer

Políticas públicas de prevenção do suicídio, José Manoel Bertolote

Até que ponto as crianças de hoje são diferentes das de antes, Leandro de Lajonquiére

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.